Termina cirurgia do Presidente Jair Bolsonaro para correção de hérnia

O presidente Jair Bolsonaro passou na manhã deste domingo, 08, por cirurgia para correção de hérnia incisional no Hospital Vila Nova Star, na zona Sul da capital paulista. A operação terminou por volta das 12h40.

O porta-voz da Presidência da República, general Otávio Rego Barros, e os médicos Antonio Macedo e Leandro Etchenique, falarão à imprensa, em São Paulo, sobre o estado de saúde do presidente após a cirurgia que começou por volta das 7h35.

A EBC fará transmissão ao vivo e ainda não foi divulgado o horário exato do pronunciamento. A estimativa é de que o primeiro boletim do hospital seja divulgado por volta das 14h.

Segundo a equipe da presidência, os médicos responsáveis pela operação também darão entrevistas

para explicar o procedimento e os próximos passos do pós-operatório.

De acordo com informações da GloboNews, o porta-voz da presidência chegou ao hospital por volta das 9h e não conversou com a imprensa.

A cirurgia foi anunciada no último dia 1 para a correção de uma hérnia que surgiu sob a cicatriz das cirurgias anteriores de Bolsonaro, no local em que ele levou a faca em setembro de 2018. Segundo o cirurgião geral da Rede D'Or São Luiz Antonio Luiz de Vasconcellos Macedo, médico responsável pelo acompanhamento do presidente, as hérnias incisionais podem ocorrer em casos de cirurgias não-planejadas, como a que foi realizada em Bolsonaro após a facada, e é comum em pacientes submetidos a vários procedimentos cirúrgicos na região -o que também ocorreu com o presidente, que passou por três operações após o ataque.

“Tudo isso é consequência das cirurgias. O tecido ficou enfraquecido, cedeu a sutura e surgiu essa hérnia. Vamos abrir a pele e a gordura, soltar a área que está enfraquecida e vamos aproximá-la mediante a colocação de uma tela de polipropilmeno para reforçar o tecido. A cirurgia não é longa, mas é delicada, o paciente recebe anestesia geral. A recuperação é boa, porque a gente trabalha fora do abdome. No dia seguinte, (o paciente) já está andando.”

O filho mais velho de Bolsonaro, o senador pelo Rio de Janeiro (PSL-RJ) Flavio Bolsonaro, chegou por volta das 10h ao Hospital Vila Nova Star, em São Paulo. O senador, entretanto, não falou com a imprensa. Outros dois filhos do presidente, o deputado Eduardo (PSL-SP), chegou mais cedo, e o vereador Carlos (PSC-RJ), por sua vez, chegou no sábado, 7, com a comitiva do Planalto, assim como a primeira-dama Michelle.

 

 
 
 
 
 


Crédito imagem: Divulgação

Crédito matéria: Estadão Conteúdo